domingo, 18 de outubro de 2009

Psicologia Escolar na Internet - uma pesquisa de conteúdo

Quando criei este blog, fiz uma pesquisa para identificar sítios similares a este tanto em conteúdo quanto em proposta. Lancei o termo Psicologia Escolar e analisei o conteúdo de uns tantos endereços que foram identificados pela ferramenta de busca do Google. Percebi que havia um único sítio semelhante ao meu, ou seja, referente a exposição de experiência em Psicologia Escolar por parte de um profissional atuante na área.

Por crer na importância desta informação, no dia 13 de outubro de 2009 refiz a pesquisa utilizando dois termos desta vez: Psicologia Escolar e Educacional e Psicologia Escolar.

Usando como palavras de busca no Google Psicologia Escolar e Educacional obtive 318000 resultados compatíveis. A ferramenta de busca selecionou 540 por serem os demais bastante semelhantes. “Para mostrar os resultados mais relevantes, omitimos algumas entradas bastante semelhantes a 531 já exibidas.
Se quiser, você pode repetir a consulta, incluindo os resultados omitidos.”


Analisei os 100 primeiros sítios indicados dos quais:
60 são institucionais:
03 clínicas
10 ABRAPEE
01 ANPEPP (aviso sobre reunião do Grupo de Trabalho em Psicologia Escolar)
01 CRP (aviso sobre reunião do Grupo de Trabalho em Psicologia Escolar)
03 revistas da área
15 Cursos de Psicologia Escolar e Educacional (universidades, departamentos, especializações, graduação)
15 encontros de profissionais (congressos, simpósios, palestras)
05 CFP (informações sobre a prova de especialista em Psicologia Escolar e Educacional)
01 Gabarito da prova de especialista em Psicologia Escolar e Educacional de instituição não identificada
06 grupos de pesquisa ou laboratórios ligados a instituição de ensino superior

34 são referentes à produção acadêmica:
10 resumos (anais de congresso ou informativos sobre o assunto para leigos)
12 livros (aqui fazemos uma ressalva, pois alguns livros apresentam diversos sítios aparecendo cinco vezes em um dos casos)
12 artigos de revista

03 indicações de sítios ou livros da área

03 currículos de profissionais

Aqui indico como resultado mais importante não haver nenhum sítio de exposição de experiências em Psicologia Escolar e Educacional.

Continuando a pesquisa com o termo Psicologia Escolar no Google, foram relacionados aproximadamente 528.000 sítios e indicados 446 para análise por parte da própria ferramenta de pesquisa: “Para mostrar os resultados mais relevantes, omitimos algumas entradas bastante semelhantes a 444 já exibidas. Se quiser, você pode repetir a consulta, incluindo os resultados omitidos.”

Novamente analisei os 100 primeiros sítios disponibilizados.

49 institucionais
06 ofertas de empregos
02 ABRAPEE
01 revista
24 cursos (universidades, departamentos, especializações - 09, graduação)
06 serviços oferecidos em Psicologia Escolar
03 grupos de pesquisa e estudos (ligados a instituições de ensino superior)
05 encontros profissionais
02 concursos públicos

43 produção acadêmica
03 indicações de livros (livrarias, sítios de compras)
14 artigos de revista
01 resumo em anais de congresso
03 resumos ou relatórios (para disciplinas em curso de graduação)
15 livros (mais uma vez, alguns livros foram indicados diversas vezes)
07 resumos para leigos (textos de temas introdutórios)

01 imagem de Psicologia Escolar

01 pergunta no Yahoo Respostas

02 comunidades na internet

01 indicação para serviços em Psicologia Escolar

03 experiências profissionais em Psicologia Escolar (dois deles são referentes a este blog)

Dentre os sítios indicativos de livros selecionados pelo Google, minha análise mostra apenas sete livros não repetidos. O clássico livro organizado por Maria Helena Souza Patto não está entre eles. Os endereços para interessados/as:
http://www.guiademulher.com.br/ver_noticias.php?cid=livro-sobre-psicologia-escolar-1
http://br.gojaba.com/book/1779739/Psicologia-Escolar-Maria-Helena-Novaes
http://www.tradepar.com.br/detalhes/psicologia-escolar-etica-e-competencias-na-formacao-e-atuacao-profissional-8575160516-95.html
http://claisy-maria-marinho-araujo.comprar-livro.com.br/livros/1857516127/
http://www.livrariadafisica.com.br/detalhe_produto.aspx?id=85031
http://www.jacotei.com.br/psicologia-escolar-em-busca-de-novos-rumos-machado-adriana-marcondes-8585141816.html
http://www.amigosdolivro.com.br/lermais_materias.php?cd_materias=5292

Indico também a seleção de artigos de revistas on-line. Neste caso, não cuidei das duplicidades. Além disso, não me responsabilizo pelas idéias contidas em cada artigo ou sítio aqui disponibilizados.
http://www.psicologiavirtual.com.br/psicologia/principal/conteudo.asp?id=3854
http://www.partes.com.br/ed33/emquestao.asp
http://pepsic.bvs-psi.org.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-98932002000200002&lng=es&nrm=
http://books.google.com.br/books?id=c1G6dW1my0UC&pg=PA105&lpg=PA105&dq=Psicologia+EScolar&source=bl&ots=zmLayKuxiA&sig=0TyAw2MfAQuoH_G6ci9BxRkw-Dk&hl=pt-BR&ei=TpbUSpbnGIONuAewmKGJDQ&sa=X&oi=book_result&ct=result&resnum=8&ved=0CCEQ6AEwBzgU#v=onepage&q=&f=false
http://www.revistavigor.com.br/2008/01/21/psicologia-e-psicologia-escolar-no-brasil/
http://biblioteca.universia.net/ficha.do?id=36573407
http://www.infocien.org/Interface/Colets/v1n05a06.pdf
http://bases.bireme.br/cgi-bin/wxislind.exe/iah/online/?IsisScript=iah/iah.xis&src=google&base=LILACS&lang=p&nextAction=lnk&exprSearch=525634&indexSearch=ID
http://www.alppsicologa.hpg.ig.com.br/PsicologoEscolarEducadorClinico.pdf
http://www.psicopedagogia.com.br/opiniao/opiniao.asp?entrID=572
http://sites.ffclrp.usp.br/paideia/artigos/28/07.htm
http://www.institutoagilita.com.br/imagens/Queixa%20escolar.pdf
http://biblioteca.universia.net/ficha.do?id=43282769

O objetivo desta pesquisa foi identificar as produções relativas a experiências vividas na atuação profissional fora da academia. Neste sentido, dentre os 200 sítios analisados, apenas dois preencheram os nossos critérios. Um deles é este. O outro também foi encontrado quando realizei a primeira pesquisa no dia 21 de abril de 2009. Como foi o único, não poderia me esquecer. O sítio é do psicólogo José Luiz Belas, que atua em Niterói – RJ. A experiência profissional dele é vasta com atuação em psicologia clínica (atendimento individual, grupal, casal, família), psicologia hospitalar, escolar, seleção, orientação de estágios em clínica. O objetivo de sua página é semelhante ao meu: compartilhar experiências de forma sistemática com outros profissionais e estudantes de psicologia. Seus textos são fundamentados sem pretensão de linguagem acadêmica.
http://www.jlbelas.psc.br/meustextos.php?var=meustextos&op=secao&id=15

Conforme disse inicialmente e a própria ferramenta de pesquisa indica, há repetições de conteúdo dentre as centenas de milhares de indicações encontradas em ambas pesquisas. Decidi não avançar na análise de todos os 446 sítios indicados em Psicologia Escolar porque encontramos muitas repetições nos 100 analisados, parecendo-nos desnecessário e improdutivo.

Considerei também digno de nota a variação encontrada entre as duas pesquisas. Em Psicologia Escolar e Educacional ,94 sítios foram institucionais e acadêmicos, tendo seis páginas fora dessas categorizações. Na pesquisa com o termo Psicologia Escolar houve maior variação de subtemas dificultando a restrição de categorias: 92 sítios categorizados em instituições ou produção acadêmica; 8 páginas classificadas em cinco grupos bem díspares em conteúdo. Relaciono esta pequena diferença à valorização do termo Psicologia Escolar em detrimento do Educacional. Além disso, a diferença no número de sítios selecionados pela ferramenta de pesquisa indica o englobamento de uma pesquisa sobre a outra, neste caso a Psicologia Escolar supera a Psicologia Escolar e Educacional, abarcando-a. Talvez o termo menor esteja se fortalecendo pelo uso.

2 comentários:

  1. Valéria Kneipp Sena19 de abril de 2010 22:02

    Olá, Vicenza!
    Muito bem feito o seu blog.
    Sou caloura do CEUB em Psicologia e estamos concluindo um trabalho sobre Psicologia Escolar e Educacional a ser apresentado nesta 5ª feira, dia 22/04.
    Fiquei com uma dúvida ao ler o seu texto... Os termos Psicologia Escolar e Educacional não indicam áreas de atuação diferenciadas? Não sei se não compreendi bem, mas me pareceu que vc se refere a eles como sinônimos... Poderia me tirar a dúvida. Pelo que andei pesquisando, a Escolar diz respeito ao profissional que atua na escola propriamente dita e a educacional seria a área de atuação voltada para gestores e profissionais que se ocupam das políticas públicas... Será q entendi mal? :(
    Gostei, especialmente, do seu selo de qualidade...:)
    Abçs, Valéria Kneipp

    ResponderExcluir
  2. Valéria,
    obrigada pelo comentário.
    Estou tentando (pela terceira vez) te responder.
    Vamos ver se agora este programa me permite fazer a minha obrigação.
    Não considero estes termos como sinônimos e por isso fiz duas pesquisas com os termos “Psicologia Escolar” e “Psicologia Escolar e Educacional”. Espero que tenha notado que a diferença numérica de uma para outra é pequena com o que concluo que a Psicologia Escolar tem sido mais abordada. De fato, os livros que leio trazem mais este termo. Quanto a Psicologia Educacional, creio que ela abrange a disciplina Psicologia da Educação que é oferecida nos cursos de licenciatura. Assim, pessoas que não são especificamente da área da Psicologia (professoras/es, coordenadores, pedagogas/os, orientadoras/es educacionais além dos gestores e políticos) podem fazer uso dela ao contrário da atuação em Psicologia Escolar que é restrita a psicólogas/os.
    Gostaria que nos contasse quais são os temas abordados na sua disciplina e como foi a sua apresentação. Se desejar, por favor use o meu endereço direto que está aí ao lado. Quem sabe não poderemos escrever um texto em conjunto?
    Abraços,
    Vicenza

    ResponderExcluir

Sua mensagem ajudará a melhorar este sítio e nosso desempenho profissional.
Grata por comentar!